A cidade de Vitória no Brasil em seu sexto dia de violência

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de fevereiro de 2017

Mais de cem pessoas foram mortas na cidade de Vitória nesta semana, capital do estado do Espírito Santo, depois que policiais militares entraram em greve para exigir melhores salários e benefícios. Os policiais não se apresentaram para o trabalho desde sábado, enquanto os membros da família têm protestado na frente das delegacias e bloqueado carros da polícia, impedindo-os de circularem.

A polícia militar é responsável por grande parte do dia a dia policiamento na cidade. Devido ao seu status militar, os policiais militares não estão autorizados oficialmente no Brasil a entrar em greve. A falta de policiamento também levou a um aumento nos roubos e saques.

Autoridades da cidade anunciaram que as escolas e clínicas de saúde devem permanecer fechadas. Todos os funcionários públicos são aconselhados a ficar em casa e apenas as atividades da Guarda Municipal e equipe de limpeza essencial será mantida.

De acordo com o Relatório Anual de Segurança Pública Brasileira a cidade registrou 37,4 mortes violentas por cada 100 mil moradores em 2015.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati