A cada seis horas uma criança é violada em Moçambique

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Uma criança foi violada a cada seis horas em Moçambique entre janeiro e setembro deste ano, com maior incidência nas províncias de Maputo, Gaza e Nampula.

Os dados são da Polícia da República de Moçambique e foram compilados pela organização não governamental World Vision que, em comunicado divulgado nesta terça-feira, 24, destaca que “essas informações são reveladoras de quão sinuoso é o caminho que o país ainda tem pela frente, numa altura em que acaba de ser assinalado o 31.º aniversário da Convenção dos Direitos da Criança".

A nota alerta ainda que a violência contra crianças aumentou durante pandemia da COVID-19, com maior incidência nas províncias de Gaza, Zambézia, Tete e Nampula.

A organização não governamental americana insta o Governo a descobrir as "causas primárias da violência contra a criança” e a cumprir "sem contemplações" a legislação para a protecção dos menores, bem como a realizar campanhas de sensibilização e educação da sociedade moçambicana.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com