2008: Ano da menor área de desflorestação da floresta Amazónica

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Attention niels epting.svg
Como parte da política de proteção do Wikinotícias, esta notícia está protegida.

14 de novembro de 2009

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) revelou dia 12 um relatório que indica o período entre agosto de 2008 e julho deste ano como o de menor desflorestação dos últimos 21 anos mas que ainda assim corresponde a uma área maior que toda a região do Algarve, significando por isso uma queda de 45 % em relação ao mesmo período de 2007-2008, quando atingiu uma área de 13 mil Km2.

O estado onde mais se verificou o abate foi o de Mato Grosso, onde foram detectados 134 quilómetros quadrados de floresta derrubada ou degradada, sendo o Pará o segundo estado mais devastado, com 133 quilómetros quadrados, seguido o de Rondônia, com 71 quilómetros quadrados.

O Brasil anunciou que quer cortar em 40 % as suas emissões de gases com efeito de estufa até 2020 e que metade deste esforço pode ser atingido pela contenção da desflorestação. “Hoje, estamos conscientes de que a questão climática é a mais séria que estamos a enfrentar”, disse Lula da Silva, à agência Reuters.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati