Índice Geral de Preços recua para 0,45% em abril

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

Brasil • 18 de abril de 2008

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) recuou em abril, ficando em 0,45%, de acordo com informações divulgadas hoje (18) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A taxa apurada em março havia sido de 0,61%. O indicador foi calculado com base nos preços coletados entre os dias 11 de março e 10 de abril.

As matérias-primas brutas ficaram mais baratas, registrando queda de 0,98% em abril, contra alta de 1,06% no mês anterior. Tiveram quedas mais expressivas soja em grão (de 5% para -9,56%), café em grão (de 5,5% para -8,20%) e laranja (de 5,74% para -6,96%).

Os preços dos alimentos in natura no atacado também ficaram mais baixos (-2,88%). Em março, eles tinham registrado uma inflação de 0,55%. Por outro lado, os bens intermediários sofreram aceleração, com inflação de 1,52% em abril, em comparação com o avanço de 1,06% em março. O custo da construção civil também subiu em relação ao resultado do mês anterior, passando de 0,49% para 0,73%.

Ainda segundo a FGV, os preços repassados diretamente aos consumidores passaram de uma inflação de 0,04% para 0,61%, puxados pelos alimentos, que em março haviam ficado 0,39% mais baratos e em abril registram aumento de 1,13%.

Os preços dos produtos que mais subiram foram os das hortaliças e legumes (de -1,93% para 5,74%), frutas (de -4,17% para 2,28%) e panificados e biscoitos (de 0,84% para 3,24%).

Fontes