Árvores do extremo norte são mais eficazes a capturar carbono

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de novembro de 2009

Um estudo levado a cabo por uma equipa da Universidade de S. Francisco Xavier, do Canadá revelou que a eficiência de captura de Carbono é maior nos pontos situados no extremo do hemisfério Norte, em comparação com as zonas equatoriais, contrariando o pensamento vigente. No estudo, usaram dados de satélite de alta resolução para determinar onde os benefícios da floresta seriam maiores, chegando a conclusão que tendo em conta tanto o efeito de absorção do CO2 como do efeito de aquecimento que o resultante das árvores reflectindo menos luz solar, comparativamente as culturas anteriores. No final, chegaram a conclusão que as florestas no norte da Rússia, Canadá e Europa central seria mais eficientes na luta contra o aquecimento global do que plantá-las na Índia, Brasil ou China.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati