"Angola no Conselho de Segurança da ONU abre novos horizontes", dizem analistas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

31 de outubro de 2014

Angola

Angola foi eleita, a 16 de Outubro, membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, com 190 votos em 193 votantes. Angola vai assim integrar o órgão decisório da ONU nos próximos dois anos.

A eleição de Angola estava praticamente garantida por ter sido endossada pelo grupo africano.

O mandato de Angola deve ser assumido a partir de 1 de Janeiro em substituição do Ruanda.

Angola esteve anteriormente no Conselho de Segurança da ONU em 2003 e 2004.

Analistas e relações internacionais consideram que a eleição de Angola para membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, para além de representar grandes desafios e responsabilidades para o pais, vai igualmente oferecer oportunidades para os quadros nacionais se afirmarem ao nível do concerto nas nações.

O ministro das Relações Exteriores (George Rebelo Chicoty) e o analista de política internacional (Pedro Santareno) deram entrevista ao Voz da América sobre esse assunto.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati