Rio Negro registra maior cheia em 119 anos em Manaus

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

8 de junho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Por Tempo - Meteored

No último sábado (05) o Rio Negro atingiu o nível de 30 metros no Porto de Manaus, Amazonas, seu maior nível desde 1902, quando começaram as medições no porto! Essa marca supera em 3 centímetros o antigo recorde de nível máximo registrado em 2012, de 29,97 cm.

Entre os meses de março e abril o Rio Negro registrou um processo relativamente acelerado de enchente, registrando entre 5 a 8 cm de elevação de seu nível por dia. A partir do final do mês de maio o processo de enchente desacelerou, passando a registrar um aumento diário de 2 a 1 cm.

No último domingo de maio (30) o rio havia se igualado ao recorde de 2012 e na terça (01) o rio já havia ultrapassado esse recorde, registrando 29,98 m. Essa gradual elevação se manteve até o último final de semana, quando o rio atingiu a cota de 30 metros, considerada como cota de inundação severa. Desde então o rio não se elevou mais, apresentando agora uma estabilidade.

A expectativa agora, de acordo com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) é que o rio se estabilize na atual marca para em seguida começar a abaixar lentamente, ou seja, ele está passando por um processo de finalização de enchente para dar início ao processo de vazante.

Mesmo com a estabilidade e início da diminuição do nível do rio nas próximas semanas, os efeitos de sua cheia ainda serão sentidos por algum tempo, pois a velocidade de vazão é lenta. Em Manaus, mais de 4 mil famílias foram prejudicadas pela cheia do rio Negro em 15 bairros atingidos pelas águas. Mais de 10 mil metros de pontes e passarelas foram construídos para viabilizar a circulação de pessoas.

Algumas partes do centro histórico já estão completamente tomadas pelas águas. Cerca de 200 feirantes da tradicional feira Manaus Moderna foram realocados em um balsa, após terem seus boxes invadidos pelas águas, criando assim a primeira feira flutuante do Brasil.

Nos últimos 12 anos foram registradas 7 das 12 maiores cheias do rio Negro em Manaus, de acordo com o histórico de registros do Porto de Manaus:

  • 2021 – 30,0 m no dia 05/06
  • 2012 – 29,97 m no dia 29/05
  • 2009 – 29,77 m no dia 01/07
  • 1953 – 29,69 m no dia 09/06
  • 2015 - 29,66 m no dia 29/06
  • 1976 – 29,61 m no dia 14/06
  • 2014 – 29,5 no dia 03/07
  • 1989 – 29,42 no dia 03/07
  • 2019 – 29,42 no dia 24/06
  • 1922 – 29,35 no dia 18/06
  • 2013 – 29,33 no dia 14/06
  • 1999 – 29,3 no dia 24/06

Em outros municípios o Rio Negro também bateu recorde, como o caso de São Gabriel da Cachoeira, onde o nível atual do rio está 47 centímetros acima do recorde anterior, estabelecendo um novo recorde de cheia. Mas a situação de cheia histórica não se restringe ao rio Negro, praticamente todo o estado do Amazonas sofre com as cheias de seus principais rios.


Notícia Relacionada

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit