Presidente da África do Sul rebate acusação de venda de armas à Rússia

Fonte: Wikinotícias

4 de setembro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O presidente da África do Sul disse no domingo que um painel independente concluiu que não há provas de que um navio russo tenha recolhido armas na África do Sul.

Reuben Brigety, embaixador dos EUA na África do Sul, alegou em maio que um navio russo tinha atracado na Base Naval de Simon's Town, perto da Cidade do Cabo, para receber um carregamento de armas que seria transportado para a Rússia.

“Nenhuma das alegações feitas sobre o fornecimento de armas à Rússia foi provada como verdadeira”, disse o presidente Cyril Ramaphosa no domingo. “Nenhuma licença foi emitida para a exportação de armas e nenhuma arma foi exportada”.

O líder sul-africano disse que as acusações “mancharam” a imagem do país.

Fontes