Papa comenta sobre a necessidade de tequila para dor

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

18 de maio de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Papa Francisco recentemente brincou com os seminaristas sobre a necessidade de um pouco de álcool para lidar com a dor intensa no joelho. Recentemente, ele cancelou uma viagem ao exterior por causa da doença, provocando especulações sobre sua saúde em declínio.

Nas últimas semanas, o papa Francisco vem sofrendo de dores no joelho direito devido a ligamentos distendidos, o que também o forçou a usar uma cadeira de rodas em mais de uma ocasião. Os médicos também prescreveram fisioterapia para ajudá-lo com sua doença.

Mas seguindo sua audiência geral esta semana, ele parecia pensar que havia algo mais que poderia ajudá-lo com sua dor.

Ele estava andando em seu papamóvel no final da audiência quando alguns seminaristas mexicanos gritaram para ele perguntando como ele estava com o joelho. A conversa entre o papa e os seminaristas se tornou viral quando Francisco disse que poderia usar um pouco de tequila para lidar com a dor no joelho.

Os seminaristas perguntaram a ele em seu espanhol nativo como estava seu joelho, e Francisco respondeu que era “caprichoso.”

O papa disse: “Você sabe o que eu preciso para o meu joelho? Um pouco de tequila”. Os mexicanos riram com vontade e prometeram levar ao Papa Francisco uma garrafa do potente licor – considerado a bebida nacional do México – na próxima vez que fizerem uma visita à casa de Santa Marta, no Vaticano, onde Francisco mora.

Os fiéis viram o papa mancando muito quando presidiu as cerimônias recentemente para as festividades da Páscoa. Ele usa uma bengala para andar.

Tem havido preocupações de que, aos 85 anos de idade, a saúde do papa não seja o que costumava ser quando foi eleito, há mais de nove anos. Mas conselheiros próximos rejeitaram qualquer especulação de que o papa esteja geralmente doente.

O bispo argentino Victor Manuel Fernandez, de La Plata, se encontrou com o papa em 14 de maio e depois twittou: “Ele está com muito boa saúde e a mesma reflexão lúcida de sempre”.

O Papa Francisco tem uma agenda de viagens lotada para o restante deste ano, com viagens confirmadas à República Democrática do Congo e ao Sudão do Sul no início de julho e uma viagem separada ao Canadá no final do mesmo mês.

Ainda assim, as dúvidas persistiram depois que ele cancelou recentemente uma viagem planejada de dois dias ao Líbano em junho devido a um problema no joelho.

Fontes