Nobel de Medicina para cientistas que contribuíram para o desenvolvimento da vacina contra a Covid-19

Fonte: Wikinotícias

3 de outubro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Prémio Nobel da Medicina foi atribuído a Kataline Kariko e Drew Weissman, dois cientistas cujos trabalhos levaram ao desenvolvimento das vacinas mRNA Covid.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 2, pelo Comité Nobel que justificou a sua decisão com "descobertas inovadoras que contribuíram para a taxa sem precedentes de desenvolvimento de vacinas durante a pandemia".

Os dois cientistas descobriram que algumas modificações básicas na estrutura do mRNA poderiam deixá-lo menos inflamatório.

A descoberta feita em 1997 foi usada para a criação da vacina contra a Covid-19.

Kataline Kariko, que nasceu na Hungria, é professora na Universidade de Szeged e professora adjunta na Perelman School of Medicine da Universidade da Pensilvânia, enquanto Drew Weissman é professor da família Roberts em pesquisa de vacinas e diretor do Penn Institute for RNA Innovations, ambos nos Estados Unidos.

Os demais prémios de física, química, literatura, paz e economia serão anunciados todos os dias da semana até 9 de outubro.

Alfred Nobel, o fundador do Prémio Nobel, foi um empresário sueco do século XIX que fez fortuna quando inventou a dinamite.

Fonte