México: viaduto desaba e mata mais de 20

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

4 de maio de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Foto do local do acidente (Fiscalía CDMX)

Uma seção elevada da Linha 12 do metrô da Cidade do México desabou e dois vagões caíram no meio de a uma avenida movimentada ontem à noite, matando pelo menos 24 pessoas e ferindo outras 79, segundo a Fiscalía General de Justicia de la Ciudad de México.

De acordo com a prefeita Claudia Sheinbaum hoje cedo, 49 feridos haviam sido hospitalizadoss, sendo que sete estavam em estado grave. Ela também disse que havia crianças entre as vítimas.

Uma equipe de resgate ainda revistava um carro que ficou pendurado no viaduto, mas o trabalho foi suspenso de manhã por questões de segurança, já que o veículo estava precariamente preso às ferragens, relata a VOA News. “Não sabemos se estão vivos”, disse Sheinbaum sobre as pessoas possivelmente presas dentro do carro.

Anteriormente, a prefeita já havia dito que uma pessoa havia sido retirada com vida de um carro que estava preso embaixo do viaduto.

O viaduto tinha cerca de 5m de altura e o acidente, um dos piores do sistema metroviário do México, aconteceu após uma viga de sustentação ceder.

A remoção dos vagões acidentados começou por volta das 5h30min da madrugada e seguiu até à tarde, reporta a Secretaria de Gestión Integral de Riesgos y Protección Civil.

Culpados

O colapso do viaduto pode representar um problema para o secretário de Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, que foi prefeito da Cidade do México de 2006 a 2012, quando a Linha 12 foi construída. Alegações sobre o projeto e a construção serem deficientes surgiram logo depois que Ebrard deixou o cargo de prefeito. A linha teve que ser parcialmente fechada em 2013 para que os trilhos pudessem ser reparados.

Ebrard se solidarizou com as vítimas no Twitter e escreveu que "as causas devem ser investigadas e os responsáveis ​​identificados" e que estava "inteiramente à disposição das autoridades para contribuir no que for necessário".

Outros acidentes

O sistema de metrô da Cidade do México, um dos maiores e mais movimentados do mundo, sofreu pelo menos dois acidentes graves desde sua inauguração, há meio século.

Em março do ano passado, uma colisão entre dois trens na estação de Tacubaya deixou um passageiro morto e 41 feridos. Em 2015, um trem que não parou a tempo colidiu com outro na estação da Oceania, ferindo 12 pessoas.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit