Lituânia endurece leis contra migrantes ilegais

Fonte: Wikinotícias

26 de abril de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 


O parlamento da Lituânia aprovou ontem uma lei que dificulta a entrada de migrantes ilegais. Os deputados tomaram a decisão após a Bielorrússia facilitar, há cerca de dois anos, a entrada em seu próprio país de migrantes vindos do norte da África e de países árabes, como o Irã e o Iraque, com o objetivo de fazê-los chegar às fronteiras de países da União Europeia (UE).

O governo de Belarus usou a tática de "inundar a UE" com migrantes ilegais para pressionar o bloco a acabar com as sanções econômicas, endurecidas após o presidente Aleksandr Lukashenko mandar interceptar um avião da Ryanair que voava de Atenas (Grécia) para Vilnius (Lituânia) para prender o jornalista e ativista Roman Protasevich, crítico de seu governo.

Com a nova lei, policiais da fronteira poderão repelir os migrantes antes mesmos de eles chegarem aos postos de migração lituanos para pedir asilo. Criticada por ONGs como a Anistia Internacional, a medida foi defendida pela ministra do Interior da Lituânia, Agne Bilotaite, que disse à imprensa que "quando se trata de segurança nacional e direitos humanos, não há soluções fáceis, mas também não há alternativas".

Notícias Relacionadas

Fontes