Nasce o primogênito do Duque e da Duquesa de Cambridge

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de julho de 2013

Os duques de Cambridge com príncipe George

Nasceu dia 22 de julho de 2013, segunda-feira, o filho de príncipe William, Duque de Cambridge e de Kate Middleton, Duquesa de Cambridge. O menino veio ao mundo às 16h24 pesando 3,79 kg no Hospital de St. Mary, Londres. Kate entrou em trabalho de parto pouco antes das 6h da manhã, viajou de carro do Palácio de Kensington para a maternidade e deu entrada no hospital com o marido ao seu lado, entrando no local por uma porta lateral. A duquesa ficou cerca de 14 horas em trabalho de parto.

O Palácio de Kensington mudou as regras de última hora para o anúncio do nascimento e emitiu um comunicado oficial à imprensa antes de enviar o aviso assinado para o Palácio de Buckingham, onde a Rainha Elizabeth II aguardava notícias. Somente depois, o anúncio foi feito tradicionalmente com um cavalete de madeira perto dos portões Buckingham contando a novidade aos súditos.

O avô da criança, Charles, Príncipe de Gales, manteve sua agenda de compromissos no dia e visitou trabalhadores em Yorkshire. Ele esteve na Dovecote Park, fazenda que produz carne de gado, e visitou ainda o National Railway Museum. O Príncipe de Gales divulgou um comunicado afirmando que “tanto ele quanto sua espora estavam muito felizes” e que “aquele era um momento muito especial para William e Kate”.

Os novos pais receberam parabenizações de diversas figuras públicas, entre elas, o primeiro ministro britânico David Cameron, o prefeito de Londres Boris Johnson, o presidente dos Estados Unidos Barack Obama e sua esposa Michelle.

Na momento em que a mídia anunciou o nascimento, fãs comemoraram pelas ruas de Londres e na porta do Palácio, onde esperavam desde cedo.

No dia seguinte ao nascimento, o casal apresentou o bebê ao mundo posando para fotos em frente ao hospital, repetindo o gesto de Charles e Diana, que haviam apresentado seu primeiro filho exatamente no mesmo local, há trinta anos. Em seguida, voltaram para dentro do hospital para colocar o bebê na cadeirinha do carro. Eles deixaram o local com William dirigindo.

Fontes[editar]