Japão reivindica 'soberania territorial' sobre Dokdo

23 de julho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O governo japonês mais uma vez reivindicou a soberania sobre Dokdo (nome japonês: Takeshima).

O governo japonês explicou a reinvidicação durante a Reunião de Gabinete realizada no dia 22, presidida pelo primeiro-ministro Fumio Kishida, descrevendo o território do norte e as questões territoriais de Takeshima como ainda não resolvidas.

No comunicado, o governo japonês tem reivindicado Dokdo, que tem sido efetivamente controlado pela Coreia do Sul, como seu território todos os anos desde 2005.

O comunicado de defesa também marcou Dokdo como Takeshima em um mapa mostrando as localizações das principais unidades das Forças de Autodefesa.

Em resposta, o Ministério da Defesa Nacional da Coreia do Sul disse que ligou para a embaixada japonesa na Coreia e protestou fortemente.

No dia 22, a mídia sul-coreana informou que Kim Sang-jin, diretor de política internacional do Ministério da Defesa Nacional, convocou o coronel Takao Nakashima, chefe da Força de Autodefesa Marítima do Japão. Ele pediu a retificação imediata do texto e que pare com esse comportamento no futuro, informou a mídia sul-coreana.

O Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Sul disse em um comentário que a repetição do governo japonês de suas alegações não estava ajudando de forma alguma a construir uma relação Coreia do Sul-Japão voltada para o futuro.

Fontes