EUA propõem vacinação anual contra COVID-19

24 de janeiro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Food and Drug Administration dos EUA está propondo a mudança para uma campanha anual de vacinação contra COVID-19 para o país, semelhante à vacina contra a gripe.

Em documentos publicados online, a agência disse que a nova estratégia forneceria uma abordagem simplificada para a vacina contra o coronavírus. O plano proposto deve ser discutido em uma reunião esta semana de cientistas da FDA e do painel de consultores externos.

O FDA disse que a maioria dos estadunidenses precisaria de apenas uma vacinação anual para ajudar a protegê-los contra o coronavírus, enquanto outros – incluindo idosos e aqueles com sistema imunológico enfraquecido – podem precisar de uma inoculação de duas doses para proteção adicional.

No sistema de vacinação atual, uma pessoa deve receber duas doses da vacina. Depois disso, doses de reforço foram recomendadas em intervalos periódicos, com as últimas doses de reforço visando tanto o vírus original e a variante omicron.

As mudanças propostas pela FDA acabariam com o sistema de vacinação atual e, em vez disso, recomendariam para a maioria dos estadunidenses uma única dose de vacina que é desenvolvida anualmente.

Tal como acontece com a vacina contra a gripe, os fabricantes de vacinas e especialistas independentes pretendem desenvolver uma vacina que atinja as cepas de vírus com maior probabilidade de dominar no inverno. As cepas alvo podem ser alteradas a cada ano.

A FDA também está considerando tornar as vacinas intercambiáveis, para que as pessoas não precisem acompanhar qual marca de vacina recebem.

Enquanto mais de 80% da população dos EUA recebeu pelo menos uma dose de vacina, apenas 16% qualificados receberam a última injeção de reforço, de acordo com a Associated Press.

Fontes[editar | editar código-fonte]