Conselho de Ética ouve testemunhas dos deputados Boca Aberta e Daniel Silveira nesta quinta

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de maio de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Herbert Cohn já foi ouvido pelo Conselho em outro processo contra Silveira O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados se reúne nesta quinta-feira (20) para ouvir testemunhas dos deputados Boca Aberta (Pros-PR)e Daniel Silveira (PSL-RJ).

Daniel Silveira responde a processo (REP 8/21) aberto a partir de representação da Rede, Psol e PSB, que o acusam de quebra de decoro parlamentar por incitação ao ódio contra manifestantes e discurso antidemocrático contra as instituições da República.

Silveira indicou como testemunhas Alexandre Zanatta Braga, Hebert Cohn, Hugo Fizler C. Neto e João Daniel Silva, já ouvidos em outros dos demais oito processos a que responde no Conselho de Ética. A relatora é a deputada Professora Rosa Neide (PT-MT).

Boca Aberta

Já o deputado Boca Aberta responde a processo (REP 2/19 e REP 3/19) aberto a pedido do Partido Progressistas (PP) por uma agressão contra o deputado Hiran Gonçalves (PP-RR) e pela invasão de uma unidade de pronto-atendimento (UPA) na região metropolitana de Londrina (PR).

Em dezembro de 2019, o Conselho aprovou a pena de suspensão do mandato por seis meses, por dez votos a um, mas Boca Aberta recorreu, alegando que testemunhas não tinham sido ouvidas pelo relator, deputado Alexandre Leite (DEM-SP). O recurso foi aceito em março pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Nesta quinta-feira, serão ouvidas as testemunhas solicitadas pelo parlamentar: Alecsandro Félix da Silva, Ary Antunes Júnior, Marcelo da  Silva Belchior e Marlos Wilton de Andradade.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit