AG da ONU vota esmagadoramente pelo fim do embargo a Cuba

Fonte: Wikinotícias

3 de novembro de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Assembleia Geral da ONU votou nesta quinta-feira, 2, pela 31ª vez uma resolução pelo fim do embargo dos Estados Unidos contra Cuba, no momento em que a ilha sofre a sua pior crise económica em décadas, com escassez de alimentos, combustível e medicamentos.

A resolução não vinculativa foi aprovada por 187 países e teve oposição apenas dos Estados Unidos e de Israel, com a abstenção da Ucrânia.

No seu discurso, o ministro cubano das Relações Exteriores disse que o “embargo impede Cuba de ter acesso a alimentos, medicamentos e equipamentos tecnológicos e médicos”.

“O embargo é qualificado como crime de genocídio”, afirmou Bruno Rodríguez, quem sublinhou que as políticas dos Estados Unidos visavam “deliberadamente promover o sofrimento entre o povo cubano, a fim de forçar a mudança no Governo”.

O diplomata acrescentou que o seu país “está proibido de exportar para os vizinhos dos Estados Unidos”.

Fontes