Venezuela: País ameaçando pela crise económica

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Posto de gasolina (ficheiro).

26 de março de 2017

Caracas, Venezuela

Na Venezuela, um dos países mais ricos em petróleo do mundo, está a ficar sem gasolina. As filas em postos de gasolina no país estão a ficar mais longas. De 290 postos de gasolina na capital Caracas, nos últimos dias só tinha cerca de 90 de gasolina. Apesar grande reserva petrolífera, faltam no país refinarias funcionais para produzir gasolina. O combustível portanto, é trazido para o país por transportes de navios.

Gasolina ainda é relativamente barato, apesar de aumentos de preços. Um litro de gasolina custa apenas 50 centavos convertidos, inflação mais alta do mundo de facto não altera. Pela inflação e desvalorização relacionada, está a se tornar cada vez mais difícil, o pagamento para transporte de petróleo dos outros países, a maioria dos quais devem ser pagos em dólares ou euros. Por causa da situação económica no país, há uma falta de medicamentos e alimentos. Estima-se que cerca de 85 por cento dos medicamentos nos hospitais não estão mais disponíveis. Falta-lhe analgésicos, aos produtos para quimioterapia. O presidente venezuelano, Nicolás Maduro pede às Nações Unidas para ajudar a reduzir os gargalos nos suprimentos médicos e essenciais.

Outro problema que o país enfrenta é o contrabando de gasolina para a vizinha Colômbia. Estima-se que cerca de 100.000 galões de gasolina são contrabandeados diariamente ilegalmente através da fronteira e na cidade fronteiriça colombiana de Maicao a ser vendido. As penalidades para o comércio ilegal raramente são proferidas, o contrabando é amplamente tolerado. A gasolina é cerca de três vezes tão baixo como na vizinha Colômbia na Venezuela.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati