Venda de títulos do Tesouro Direto alcança R$ 1,37 bilhão em agosto no Brasil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

28 de setembro de 2015

Impulsionadas pela ação dos pequenos investidores e pelo aumento do número de aplicadores, as vendas de títulos do Tesouro Direto atingiram R$ 1,377 bilhão em agosto. No mês, 15.187 novos aplicadores se cadastraram no Tesouro Direto. Assim, o número total de investidores cadastrados no fim de agosto atingiu 552.166, o que representa aumento de 31,8% nos últimos doze meses. O número de investidores ativos chegou a 187.513, variação de 60,9% nos últimos doze meses.

O Tesouro Direto é um programa do governo federal criado em 2002 e desenvolvido em parceria com a Bolsa de Valores de São Paulo para venda de títulos públicos para pessoas físicas, por meio da internet.

Os resgates totalizaram R$ 390,4 milhões, dos quais R$ 321,8 milhões relativos às recompras (renovação) e R$ 68,6 milhões referente aos vencimentos. O saldo resultou em vendas líquidas de aproximadamente R$ 987,5 milhões, um novo recorde, informou o Tesouro Nacional.

Foram realizadas, em agosto, 112.993 operações de venda de títulos a investidores. O interesse dos pequenos investidores pelo programa pode ser verificado pelo número de vendas de títulos até R$ 5 mil, que correspondeu a 66,3% das vendas ocorridas no mês. "O valor médio por operação, neste mês, foi R$ 12.194,38", informou o Tesouro Nacional.

Entre os títulos indexados à inflação, os destaque são o Tesouro IPCA e Tesouro IPCA com juros semestrais. O IPCA é o Índice de Preço ao Consumidor Amplo, utilizado pelo governo para estabelecer as metas de inflação. Esses títulos, informou o Tesouro, tiveram participação nas vendas de 60,4%. Os títulos prefixados (Tesouro Prefixado e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais) corresponderam a 12,5% do total e os indexados à taxa básica de juros (Tesouro Selic), 27%. O título prefixado permite ao cidadão conhecer a rentabilidade que terá no momento da aplicação.

Em relação ao prazo de emissão, 17,6% das vendas no Tesouro Direto no mês corresponderam a títulos com vencimentos acima de 10 anos. As vendas de títulos com prazo entre 5 e 10 anos representaram 41,8% e as com prazo entre 1 e 5 anos, 40,7% do total.

O estoque total de títulos do Tesouro Direto chegou, em agosto, a R$ 20,61 bilhões, o que significa aumento de 5,9% em relação ao mês anterior (R$ 19,47 bilhões) e aumento de 47,6% sobre agosto de 2014 (R$ 13,97 bilhões).

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati