Veja exclui reportagem publicada sobre pesquisa dos críticos ao Museu de Arte Moderna

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Navegação Internet
Outras notícias sobre Internet

7 de outubro de 2017

O site da Veja publicou um monitoramento de rede realizado pela empresa Social IQ em que revela que a maioria das pessoas que são contrárias à performance com nudez do artista Wagner Schwartz no Museu de Arte Moderna (MAM) "são homens brancos, de direita e de classe média".

Nela, dizia que o dono da empresa e consultor de marketing estratégico, Daniel Braga, explicou ao site que o monitoramento foi feito quando o assunto começou a gerar discussões na internet. A Social IQ também é responsável pela estratégia pessoal da comunicação do atual prefeito prefeito de São Paulo, João Doria.

Percebemos que era um assunto polêmico e a população começou a fazer questionamentos para a prefeitura. Logo, isso envolveu o nome do Doria.

Daniel Braga

No entanto, a matéria recebeu uma enxurrada de críticas pela publicação nas redes sociais (Twitter, Facebook, Instragram e outros), questionando como foi feita esta pesquisa, já que não foi só "homens brancos, de direita e de classe média" terem se manifestado, pois usuários de diferentes etnias, classes e até diferentes visões políticas e religiosas, também têm se manifestado contra a MAM.

A publicação e a pesquisa, acusada de ser sob um viés de esquerda, foi excluída do site. Apesar da matéria não está mais disponível, o link foi salvo por algum internauta brasileiro, através de um site web machine (espécie de "máquina do passado que salvou o link do web site") e que pode ser acessado abaixo (ver "Fontes").

Em agosto, uma exposição sob nome de QueenMuseum foi feita em Porto Alegre que deveria ser estendida até outubro foi encerrada às pressas depois que fotos em que mostram pinturas de crianças e ataques contra os símbolos religiosos cristãos se tornaram públicas, sob acusação de serem pedófilas e zoofilias. Em 28 de setembro, um vídeo postado na internet mostra a menina tocando homem nu (identificado mais tarde como Wagner Schwartz) a pedido de uma mulher (identificada mais tarde como a mãe da menina) e foto em que aparece nu com outras meninas, provocou reações de repúdio pelos internautas.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati