Uma exposição de artefatos "Através do buraco da fechadura do tempo" foi aberta em Simferopol

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

3 de setembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Em 15 de agosto de 2021, o Museu de História de Simferopol, localizado na Rua Pushkin — no centro da capital da Criméia, abriu uma exposição de artefatos, chamada "Através do buraco da fechadura do tempo".

A exposição apresenta objetos arqueológicos que remontam a diferentes épocas.

O autor do projeto e organizador do evento — o colecionador e viajante da Criméia Viktor Pinchuk, já conhecido pelos moradores de Simferopol e convidados da península para exposições de fotos pessoais dedicadas a países exóticos e seus habitantes.

A exposição é dedicada ao dia do arqueólogo — um feriado não oficial celebrado anualmente na Rússia. E isso não é por acaso: os objetos apresentados da cultura material estão diretamente relacionados com a história e arqueologia do país.

A diretora do museu, Irina Ivanovna Vdovichenko, na abertura da exposição, apresentou ao visitante o autor do projeto.


Fontes[editar | editar código-fonte]