Trump viaja para Califórnia devido aos incêndios

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

15 de setembro de 2020

Os incêndios que assolam o noroeste do Estados Unidos, que inclui o norte da Califórnia, Oregon e o estado de Washington, destruíram milhares de casas e empresas. Mais de um milhão de hectares de terra foram destruídos. Pelo menos 35 pessoas foram vítimas de incêndios na região.

A fumaça dos incêndios envolveu as cidades de San Francisco, Seattle e Portland, tornando-as uma das com pior qualidade do ar do mundo.

“A fumaça encheu o ar com um odor metálico semelhante ao de moedas”, descreveu a Associated Press. As nuvens de fumaça que envolvem a região representam uma ameaça à saúde de milhões de residentes locais.

A qualidade do ar do Oregon foi descrita como "perigosa" ou "muito prejudicial à saúde". Dezenas de milhares de pessoas tiveram que deixar suas casas.

A visibilidade era inferior a meio quilômetro em alguns locais, tornando a direção perigosa, de acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, geralmente não comenta a situação, mas planeja visitar a Califórnia para obter os dados mais recentes sobre os incêndios, que se tornaram dos mais devastadores em vários anos.

Keith Brown, em entrevista a CBS, disse que os incêndios são "um alerta para fazermos o que pudermos para lidar com a mudança climática." Os governadores da Califórnia e de Washington concordaram.

Fontes

Ligação a um site em russo Трамп приедет в Калифорнию, где получит оперативные данные о пожарахVOA, 15 de setembro de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com