Trudeau: o mundo ocidental fará de tudo para garantir que a Rússia fracasse

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

9 de maio de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O primeiro-ministro canadense Justin Trudeau disse que o mundo fará de tudo para garantir que a invasão do presidente russo Vladimir Putin na Ucrânia termine em fracasso. Na cerimônia de comemoração da Grande Guerra Patriótica, Putin enfatizou que a operação militar especial contra a Ucrânia é uma decisão necessária e correta.

Em uma entrevista exclusiva à Reuters durante uma visita à Ucrânia no domingo, Trudeau disse que Putin precisa entender que o mundo ocidental está absolutamente determinado a combater à Rússia.

“Sua guerra ilegal e crescente, sua nova invasão da Ucrânia através da linha vermelha, significa que faremos tudo ao nosso alcance para garantir que ele falhe”, disse Trudeau.

O Canadá anunciou que fornecerá à Ucrânia novas armas e equipamentos e reabrirá sua embaixada em Kiev.

Trudeau também disse que todos os países que impuseram sanções a Moscou estão determinados a mantê-las.

Falando em um desfile militar na Praça Vermelha na segunda-feira para marcar o 77º aniversário da Grande Guerra Patriótica, Putin chamou a ação militar contra a Ucrânia de “decisão certa que um país forte, independente e soberano deve tomar". Ele acusou a Otan e outros países europeus de ignorar as preocupações de segurança da Rússia por algum tempo, dizendo que os países ocidentais estavam se preparando para invadir "território historicamente russo, incluindo a Crimeia.”

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, disse que as ações de Putin mancharam a memória de milhões de russos que deram suas vidas pela liberdade, combatendo o fascismo e dando suas vidas durante a Segunda Guerra Mundial.

Fontes