TikTok está "chocado" com a ordem de Trump de banir o aplicativo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Navegação Internet
Outras notícias sobre Internet

O TikTok disse na sexta-feira que ficou "chocado" com a ordem do presidente dos EUA, Donald Trump, de banir o aplicativo.

"Usaremos todos os recursos legais disponíveis para evitar desvios do princípio do estado de direito e para garantir que nossa empresa e nossos usuários sejam tratados de forma justa — se não pela Administração, então pelos tribunais dos Estados Unidos", disse a mensagem do TikTok.

Trump anunciou na quinta-feira a proibição de acordos nos EUA com a chinesa ByteDance, proprietária do aplicativo de vídeo TikTok, e Tencent, a operadora do WeChat.

As ordens executivas, que entram em vigor 45 dias depois, foram tornadas públicas depois que o governo Trump anunciou esta semana que está intensificando os esforços para limpar as redes digitais dos EUA de aplicativos chineses "não confiáveis" e chamou o TikTok e WeChat de "ameaças significativas".

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com