Telespectadores do DF deixam de ter sinal analógico de TV a partir de amanhã

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Histórias relatadas
Televisão

Mais informações sobre Televisão:

Agência Brasil

17 de novembro de 2016

A partir da 0h desta sexta-feira (18), 1,25 milhão de domicílios no Distrito Federal e Entorno não receberão mais o sinal analógico de televisão, apenas o sinal digital. A portaria determinando que as emissoras de televisão desliguem o sinal analógico foi assinada na tarde de hoje (17) pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab. Nos próximos 30 dias, os canais analógicos exibirão uma mensagem informando sobre a migração.

O ministro disse que a experiência de Brasília será fundamental para a próxima etapa de desligamento do sinal analógico, prevista para março do ano que vem, em São Paulo. Segundo ele, a prioridade do governo será realizar o desligamento do sinal analógico em São Paulo o mais breve possível. “Brasília servirá de piloto para o que será feito em todo o Brasil. Aqui foram encontradas as mais diversas experiências, que vão ser de fundamental importância para o projeto de São Paulo”, afirmou.

Kassab disse que o governo vai editar uma portaria determinando que os critérios e procedimentos para a migração do sinal sejam aperfeiçoados com base na experiência de Brasília. Uma das possibilidades, segundo ele, é alterar os critérios de pesquisa para determinar quantas pessoas já têm acesso ao sinal digital para que seja feito o desligamento.

Segundo pesquisa feita pelo Grupo de Implantação da TV Digital (Gired), no Distrito Federal 93% dos domicílios estão preparados para receber o sinal digital, ou seja, têm televisores com conversores e antenas para captar o sinal. Esse é o número mínimo exigido pela portaria que instituiu a implantação do sinal digital no país

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, lembrou que, com o desligamento do sinal analógico, a faixa de frequência usada atualmente pelas emissoras de televisão será liberada para ser usada pelas empresas de telefonia celular para a oferta do serviço de internet móvel de quarta geração (4G).

O cronograma de implantação do sinal digital de TV prevê que todas as cidades do país deverão receber apenas o sinal digital até dezembro de 2018. A primeira cidade que teve o sinal analógico desligado foi Rio Verde, em Goiás, em fevereiro deste ano.

Para conseguir captar o sinal digital, os telespectadores deverão instalar uma antena apropriada, preferencialmente externa. Se o televisor for antigo, será preciso instalar um conversor de TV digital. A maioria dos modelos mais novos de TV, com tela fina (plasma, LCD, LED) já vêm com o conversor de TV digital integrado.

As famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único dos programas sociais do governo federal têm direito a receber de graça um kit com antena e conversor digital. No Distrito Federal, foram entregues 311 mil kits, o que representa 83% do total de famílias cadastradas na região. Segundo a Anatel, a distribuição de kits vai continuar sendo feita nos próximos 45 dias.

Além de Brasília, o sinal analógico será desligado em nove cidades do Entorno do Distrito Federal: Águas Lindas de Goiás, Cidade Ocidental, Cristalina, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati