Senador americano alega que Saddam tinha programa para armas de destruição em massa

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Senador Joe Lieberman (Democrata-Connecticut).

3 de dezembro de 2005

O senador norte-americano pelo Partido Democrata pelo estado de Connecticut Joe Lieberman disse que alguns críticos estão errados ao afirmar que Saddam Hussein não tinha armas de destruição em massa quando os Estados Unidos atacaram o Iraque em 2003.

Segundo o senador, em entrevista para a Rádio ABC, o relatório Duelfer que muita gente usa para dizer que não havia armas de destruição em massa no Iraque, informa que Saddam mantinha um pequeno programa de desenvolvimento de armas químicas e biológicas.

"Saddam procurava acabar com as sanções das Nações Unidas para voltar ao rápido estágio de desenvolvimento de armas químicas, biológicas e talvez até nucleares", disse Lieberman.

Na opinião de Lieberman os EUA impediram os planos de Saddam, a quem o senador democrata se referiu como uma "bomba relógio".


Fontes