Saúde: Gâmbia tem sucesso em eliminar o tracoma, doença que pode levar à cegueira

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A OMS África anunciou hoje que a Gâmbia tinha eliminado o tracoma como um problema de saúde pública, após estudos indicarem que a prevalência desta doença, que pode causar cegueira, entre os gambianos acima de 15 anos de idade atualmente era de 0% a 0,02%.

Nos anos 80, relata a Organização, esta cifra chegava a 20%.

“Esta é uma conquista notável que salvou muitas crianças, mães e famílias de deficiência visual evitável ou cegueira e melhorou sua qualidade de vida e bem-estar”, disse o Matshidiso Moeti, Diretor da OMS África.

O sucesso se deve a diversos fatores, como mudanças de comportamento na adoção de medidas de higiene, como lavar o rosto; melhoria no saneamento básico para garantir acesso à agua limpa; uso de antibióticos para combater infecções oculares; e cirurgias para triquíase (cílios virados).

O tracoma

Olho infectado com a bactéria

O Tracoma, também chamada de conjuntivite granulomatosa, é uma doença inflamatória ocular crônica e recidivante, causada pela bactéria Chlamydia trachomatis e que afeta pálpebras, conjuntiva e córnea.

A doença "afeta principalmente crianças, sendo a infecção menos comum com o aumento da idade. Em adultos, as mulheres têm até quatro vezes mais probabilidade do que os homens de serem afetadas pelas complicações tardias do tracoma, principalmente devido ao contato próximo com crianças infectadas", relata a OMS África.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit