Sócio da MSI morre e polícia inicia investigação

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de fevereiro de 2008

O bilionário georgiano e um dos sócios da empresa MSI, Badri Patarkatsishvili, morreu em Londres aos 52 anos.

Segundo as primeiras informações divulgadas, Badri teria morrido de um ataque cardíaco em sua mansão em Leatherhead, Surrey, Inglaterra na noite de terça-feira (12). Na quarta (13) a polícia inglesa teria dito que considerava a morte do empresário suspeita, um procedimento padrão para todas os casos de morte repentina.

Bradi disse em dezembro do ano passado que ele tinha uma gravação onde poderia ser ouvida uma autoridade do ministério do interior georgiano convencendo um assassino a matá-lo enquanto ele estava em Londres.

O governo da Geórgia emitiu um comunicado lamentando a morte de Badri: "Apesar dos graves crimes contra o Estado, toda morte de uma pessoa é uma grande tragédia".

Badri Patarkatsishvili tornou-se figura polêmica por causa do seu envolvimento com política e esportes.


Fontes