Síria: 100 combatentes da Al-Qaeda mortos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

21 de janeiro de 2017

No último ataque militar do presidente Barack Obama contra a Al-Qaeda, mais de 100 membros do grupo foram mortos na quinta-feira em um ataque aéreo norte-americano na Síria, segundo um funcionário do Pentágono.

O ataque - que o Pentágono confirmou na tarde de sexta-feira em um comunicado - atingiu um campo de treinamento ao oeste de Aleppo, perto da fronteira turca. Um bombardeiro americano B-52, junto com drones armados, lançaram 14 bombas no campo, disse o oficial. O local do acampamento era bem conhecido pela inteligência americana.

O campo de treinamento de "Shaykh Sulayman" estava operacional desde pelo menos 2013. "A destruição deste campo de treinamento interrompe as operações de treinamento e desencoraja os grupos de oposição islâmicos e sírios de aderirem ou cooperarem com a Al Qaeda no campo de batalha," disse o porta-voz. Citando também que bombardeios dos EUA mataram mais 150 membros da Al-Qaeda desde o começo do ano.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati