São conhecidos os novos governadores da Argentina que asumiram em dezembro de 2015

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mapa das eleições primárias de 2015.
Foto: Gaston Cuello Wikimedia Commons.

26 de outubro de 2015

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Na eleição presidencial de ontem, onde o presidente e vice-presidente é escolhido entre outras acusações, também foram definidos os novos governadores de várias províncias. O partido no poder vai governar em sete províncias, mas deve deixar Buenos Aires, onde ele obteve os piores resultados eleitorais na última década.

A Frente para a Vitória decisão realizada na província de San Juan, onde foi eleito Sergio UNAC, atual vice-governador também manteve a província de Formosa, onde o sétimo reeleição de Guido Insfrán stands. Ele também triunfou na província Entre Rios cujo governador é Gustavo Bordet. Em Catamarca Corpacci Lucia ele continuará a governar. Kirchner também irá governador de La Pampa, Carlos Verna e Missão Hugo Passalacqua. E na província natal de Néstor Kirchner ele vai governar a sua irmã, Alicia.

Entre as províncias onde o governador não será a frente para a província de Buenos Aires Victory, onde o candidato Anibal Fernandez foi derrotado pelo candidato da mudança da Frente, María Eugenia Vidal destaque. Ele também foi derrotado em Jujuy, onde Gerardo Morales superado em votos a Eduardo Fellner. Em San Luis, onde ganhou Alberto Saa Frente Rodiguez Compromisso Federal e membro de uma família de líderes da província.

E eles já haviam pago os cidadãos de Salta, Tierra del Fuego, La Rioja, Tucumán e Chaco, onde o partido no poder ganhou. A cidade de Buenos Aires, onde ele triunfou de mudança e Neuquén, onde o Movimento Popular ganhou Neuquin. In Black Rio Frente Juntos, ele venceu o Rio Preto estão em Santa Fe e fez sua Frente Progressista.

Ele deve esperar até o próximo 22 de novembro, quando será definido no segundo turno entre Mauricio Macri e Daniel Scioli como presidente da Argentina. Os líderes nacionais e provinciais eleitos nesta eleição assumir o 10 de dezembro entrante suas respectivas posições.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com