Qualcomm anuncia Snapdragon 855, o primeiro chip da companhia com suporte a 5G

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

5 de dezembro de 2018

Maui

Primeiro chipset da companhia com suporte à tecnologia 5G estará presente em smartphones a partir de 2019 e deve brigar com Apple A12 Bionic no desempenho

A Qualcomm anunciou nesta terça-feira, 4 de dezembro, em seu evento anual de lançamentos, a sua próxima geração de chips "top de linha": o Snapdragon 855, o primeiro da empresa com suporte real ao 5G e com arquitetura de 7 nanômetros Graças ao novo modem x50, o Snapdragon 855 oferece suporte às atuais tecnologias de internet móvel 5G que entrarão em funcionamento a partir de 2019 nos Estados Unidos, Europa, Japão, entre outros. Na América Latina, o 5G só deve estrear em 2020. As redes 5G prometem velocidades de conexão até 10 vezes mais rápidas que a tecnologia 4G atual e já vêm sendo testadas desde 2016 nos Estados Unidos.

Além do suporte às novas redes, o Snapdragon 855 traz melhorias de desempenho em relação ao atual carro-chefe da Qualcomm, o Snapdragon 845. As melhorias se concentram, principalmente, em realidade aumentada, jogos e inteligência artificial, bem como o novo componente 3D Sonic Sensor: um sensor biométrico capaz de reconhecer as digitais do usuário diretamente na tela do dispositivo. O Snapdragon 855 também deve disputar o protagonismo com o Apple A12 Bionic, que foi lançado com as últimas gerações do iPhone, e que vêm recebendo elogios quanto ao desempenho em tarefas pesadas, corroborando os rumores de que a Apple pretende estender os próprios processadores aos seus computadores a partir de 2020.

O chip possui oito núcleos de processamento e possui um mecanismo de acionamento dos núcleos diferente das gerações anteriores: quatro núcleos de baixo consumo que alcançam velocidades de 1,8 GHz e três núcleos Kryo 485, que alcançam velocidades de 2,42 GHz, que são acionados em tarefas mais pesadas. Há também um núcleo no processador, denominado Prime, que alcança a velocidade de 2,84 GHz. Esse núcleo entra em atividade para compensar os ajustes de desempenho quando o processador aquece e reduz a velocidade dos outros núcleos. O Snapdragon 855 também contra com o novo processador gráfico Adreno 640, que ganha 20% a mais de performance em relação à geração anterior e é capaz de suportar telas com resolução 4K HD e reproduzir vídeos em 8K. Também há um processador de sinal digital dedicado às tarefas de realidade aumentada e inteligência artificial.

A Qualcomm também anunciou as fabricantes parceiras que vão utilizar o Snapdragon 855 a partir de 2019, como a Samsung, ASUS, Motorola, entre outras.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati