Quadro Salvator Mundi roubado é descoberto em Nápoles

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
O Salvator Mundi original, de Leonardo da Vinci

Uma cópia da obra Salvator Mundi de Leonardo da Vinci, do século XVI, que havia sido roubada de um museu da basílica de Nápoles, foi recuperada pela polícia italiana, relata o jornal The Art News.

A pintura, que se acredita ter sido executada por um aluno do mestre renascentista, foi encontrada durante uma busca da polícia num apartamento a cerca de 7 km do Museu de San Domenico Maggiore. O proprietário do imóvel, que segundo a Agenzia Italia tem 36 anos de idade, foi preso e está sob custódia policial por suspeita de receptação de bens roubados.

A obra é inspirada no famoso Salvator Mundi de Leonardo (pintado por volta de 1500) e deve ter sido pintada entre 1508 e 1513, sendo apenas uma das cerca de 20 cópias do Salvator Mundi atribuídas à escola do pintor famoso.

Especialistas do museu de Nápoles dizem que a teoria "mais convincente" da identidade do pintor [da obra agora encontrada] aponta para Girolamo Alibrandi, um aluno de Leonardo. Já a restauradora especializada nas obras de Da Vinci acredita que a pintura poderia ser de outro aluno: do amante de Leonardo, Salaì.

Nenhum dos especialistas, no entanto, deixa de considerar a possibilidade que o próprio Leonardo da Vinci possa ter contribuído para a realização da obra.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit