Quênia obtém cabo de comunicação chinês vinculado à Huawei

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

31 de março de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A China conectou um cabo submarino de alta velocidade e multimilionário de 15.000 quilômetros ao Quênia, enquanto Pequim avança o que foi apelidado de “rota da seda digital” e a África busca a infraestrutura de que precisa para melhorar a conectividade com a Internet.

A gigante chinesa Huawei é acionista do cabo PEACE de US$ 425 milhões, que significa "Paquistão e África Oriental Conectando a Europa". Estende-se da Ásia à África e depois à França, onde termina.

Chegou à cidade costeira de Mombasa na terça-feira, com o CEO da empresa parceira local Telekom Kenya, Mugo Kibati, dizendo que o cabo ajudaria a atender ao forte aumento na demanda por serviços de internet em um continente onde a adoção da internet ficou atrás do resto do mundo. , mas que abriga uma população crescente, jovem e cada vez mais digital.

“Este cabo de ultra-alta capacidade ajudará o Quênia e a região a atender seus requisitos atuais e futuros de capacidade de banda larga, reforçar a redundância, minimizar o tempo de trânsito da conectividade do nosso país para a Ásia e a Europa, bem como auxiliar as operadoras a fornecer serviços acessíveis aos quenianos”, disse Kibati.

Fontes