Protestos contra o racismo marcam o Dia da Consciência Negra

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de novembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Manifestações convocadas por movimentos sociais, partidos políticos e centrais sindicais realizaram atos contra o racismo e os efeitos da crise econômica e social, que impacta com maior gravidade a população negra.

As manifestações ocorreram em várias cidades pelo país. Em Madureira, no Rio de Janeiro, o ato durou cera de três horas. No centro de São Paulo, houve uma programação cultural seguida de um cortejo que se deslocou do Museu de Arte de São Paulo (MASP) até o Theatro Municipal. Em Brasília, a concentração ocorreu no Museu da República, localizado na área central da cidade. Em Porto Alegre, a caminhada começou no Largo Glênio Peres e na Praça Montevidéu, localizadas no Centro Histórico, e seguiu até o Largo Zumbi dos Palmares, na Cidade Baixa. Em União dos Palmares, distante 73 km de Maceió, os manifestantes foram do centro da cidade até o ponto mais alto do Parque Memorial Quilombo dos Palmares.

Em Porto Alegre, onde há 50 anos o Dia da Consciência Negra foi idealizado pelo Grupo Palmares, foi lembrada a morte de João Alberto Silveira Freitas, assassinado em uma unidade do Carrefour, e também repetiu-se a realização da tradicional foto da comunidade negra da UFRGS, que acontece desde 2017.

Assim como nas outras cidades, em União dos Palmares houveram críticas ao governo Bolsonaro e o ato deu destaque às consequências da crise, tais como o aumento da fome e da inflação.

O Largo Zumbi dos Palmares, destino da caminhada realizada em Porto Alegre, é o local na capital gaúcha onde se escondiam os negros escravizados. Já o Parque Memorial Quilombo dos Palmares, no município de União dos Palmares, recria o ambiente da República dos Palmares em um platô no alto da Serra da Barriga, como uma espécie de maquete viva em tamanho natural.

Fonte


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit