Procurador da República recorre contra as acusações contra Lula e André Esteves no caso Cerveró

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

1 de setembro de 2017

Brasília —Ivan Cláudio Marx, do Ministério Público Federal, recorreu contra as acusações contra o ex-presidente Lula e o banqueiro André Esteves por tentativa de compra do silêncio do ex-diretor da Petrobrás, Nestor Cerveró. O Cláudio Marx afirma que não há provas da participação deles no esquema criminoso.

Neste pedido, Cláudio Marx também pede a retirada dos benefícios concedidos à Delcídio do Amaral dados graças à delação premiada feita pelo ex-senador. Ele alega que o ex-senador mentiu em sua delação, o que levou à abertura do processo contra Lula.

Segundo o Ministério público, as provas mostram que quem queria comprar o silêncio de Cerveró era Delcídio. O que ele queria era barrar o ex-diretor da Petrobrás de delatá-lo, escondendo que supostamente recebeu de propina R$ 4 milhões da construtora UTC.

O pedido do Ministério Público ainda será analisado pelo juiz do caso.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati