Príncipe Albert de Mônaco critica Harry e Meghan por entrevista com Oprah Winfrey

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

26 de março de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Príncipe Albert II de Mônaco manifestou sua opinião sobre a entrevista que o Príncipe Harry e a Duquesa Meghan Markle concederam à Oprah Winfrey, durante a qual o casal discutiu problemas que tiveram com a família real britânica. Na quinta-feira (25), Sua Alteza Sereníssima disse à BBC World News que considerou a “demonstração pública de insatisfação” de Harry e Meghan inadequada.

Embora o príncipe Albert tenha explicado que “pode ​​entender a pressão que eles estavam sofrendo,” ele disse que “esse tipo de conversa deve ser mantida dentro dos aposentos íntimos da família […] realmente não precisa ser exposto na esfera pública assim […] isso me incomodou um pouco,” disse ele sobre a entrevista de Harry e Meghan.

Harry e Meghan — que já são pais de Archie, de dois anos, estão esperando seu segundo filho, uma menina — anunciaram em janeiro de 2020 que planejavam “afastar-se como membros seniores da família real” e dividir seu tempo entre o Reino Unido e a América do Norte. Quando indagado sobre Harry pela repórter Yalda Hakim, da BBC, o príncipe Albert afirmou que deseja “o melhor” ao Duque de Sussex. “É um mundo difícil lá fora, e espero que ele tenha julgamento e sabedoria para fazer as escolhas certas,” disse.

Durante a entrevista dada à Oprah, Meghan afirmou que foi “silenciada” pela realeza britânica e não obteve ajuda quando estava padecendo de uma crise de saúde mental. Ela também disse a Oprah que um membro da família real expressou “preocupações e conversas sobre como a pele [de Archie] poderia ser escura quando ele nascesse.”

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit