Polícia brasileira prende quatro suspeitos de envolvimento no escândalo dos Correios

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

9 de junho de 2005

Brasil

A Polícia Federal brasileira prendeu quatro pessoas suspeitas de envolvimento no escândalo dos Correios.

A polícia prendeu Joel Santos Filho e João Carlos Mancuso Vilela, no Paraná, o capitão aposentado da Policia Militar de Minas Gerais José Fortuna Neves em Brasília e Arlindo Molina, no Rio de janeiro.

O capitão Fortuna é suspeito de ser o autor da gravação da fita que mostra o susposto esquema de propina nos Correios.

A PF prendeu também Arlindo Molina, no Rio de janeiro, Joel Santos Filho e João Carlos Mancuso Vilela, no Paraná. Eles teriam participado da gravação da fita. A Polícia Federal cumpre ainda 15 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, Paraná e Rio de janeiro.

José Fortuna Neves presta depoimento neste momento na sede da Policia Federal. Ele ficará sob custódia da PF na superintendência regional de Brasília. As prisões foram determinadas pelo juiz Clóvis Barbosa de Siqueira da décima vara de justiça federal de Brasília.

Fontes