Pence é duramente criticado ao dizer que espera que Trump fique "mais instável" para invocar 25ª Emenda

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

10 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, tem sido duramente criticado no Twitter desde ontem após ter dito que considera invocar a 25ª Emenda apenas no caso de Donald Trump ficar "mais instável".

"Mais instável?", perguntou a intenauta SICK OF Agolf Twitler no Twitter, na conta de Jon Cooper, líder democrata do Condado de Suffolk (Nova Iorque), que havia compartilhado uma reportagem da CNN. "Sério? O que ele fará a partir deste ponto, senão atirar nas pessoas na 5ª Avenida?", perguntou a internauta Carrie Gallagher, enquanto a usuária Karyn_Resist_Basslake comentou: "eu particularmente nem quero saber o que mais instável acarretaria".

As preocupações com a instabilidade mental de Trump vem após ele apoiar a invasão do Capitólio na quarta-feira passada com o objetivo de evitar que os congressistas certificassem os votos do Colégio Eleitoral, oficializando a vitória de Joe Biden na eleição presidencial de novembro passado.

Desde então, as contas de Trump foram bloqueadas ou ele foi definitivamente banido das maiores redes sociais do mundo por, nos últimos dias, elogiar a invasão e incentivar novos manifestos. Segundo a Fox News ontem, Trump foi banido de 12 redes sociais e aplicativos: Facebook, Twitter, Google, Spotify, Snapchat, Instagram, Shopify, Reddit, Twitch, YouTube, TikTok e Pinterest.

Contas pró-Trump, como a @teamtrump no Twitter, também foram bloqueadas ou definitivamente encerradas.

O Google, por exemplo, justificou a eliminação do aplicativo Parler de sua loja reportando que apoiadores de Trump estavam organizando novos protestos, que poderiam acabar em mais violência, para o dia da posse de Biden, no dia 20 de janeiro próximo.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit