Peça norueguesa do século XIX é encenada no Teatro Bolshoi em São Petersburgo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

14 de junho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Teatro Bolshoi Tovstonogov de São Petersburgo, na Rússia, sediou a estreia de uma nova produção: a peça Espectros, do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen na versão do diretor de teatro russo Roman Markholia.

A peça foi escrita em 1881. Como explica a Wikipédia, o autor aborda “todo um emaranhado de tópicos tabus na sociedade vitoriana: a corrupção da igreja, incesto, eutanásia. Nesse sentido, as produções da peça em diferentes países foram acompanhadas de escândalos e muitas pessoas devolveram cópias da peça ao autor”.

O diretor Roman Markholia fez sua própria tradução da peça e desenvolveu sua nova versão teatral. Ele afirma que Espectros “é um dos pináculos do drama mundial. Usando intrigas realistas, Ibsen coloca questões de escala épica para seus heróis, para combinar com a antiga tragédia. Considerando a relação causal do passado com o presente e o futuro, o dramaturgo tenta chegar ao fundamento do destino humano”.

No centro da trama está a viúva Helene Alving, que se prepara para abrir um orfanato em memória de seu “marido ideal”. No entanto, o verdadeiro motivo por trás de suas decisões está envolto em um terrível segredo de família. O papel de Helene foi interpretado pela atriz Svetlana Kryuchkova, com quem o diretor colabora há muitos anos.

Segundo Roman, “Alving é um dos papéis icônicos do drama mundial. Para uma atriz que é um universo por si só, esta é uma rara oportunidade de mostrar seu arsenal de habilidades”. “Trabalhamos com ela [Svetlana] há mais de 20 anos, mas ainda não tínhamos esse material. Esta é a tarefa mais difícil para um ator. O papel de Alving exige uma experiência de vida única do artista”, disse ele.

Os papéis são interpretados por: Svetlana Kryuchkova, Ivan Fedoruk (Oswald), Igor Volkov (pastor Manders), Sergey Stukalov (Engstrand, carpinteiro), Denis Borisenko (Pai), os papéis de Regina e a empregada são alternadamente interpretados por Polina Malikova e Yana Savitskaya. Os figurinos são de Fagilya Selskaya.

Fontes

Reportagem original
Esta notícia contém reportagem original de um Wikicolaborador.