Papa apela aos jovens para que não reduzam o amor somente ao sexo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

17 de fevereiro de 2015

Vaticano

O papa Francisco lançou hoje (17) um apelo aos jovens para que se manifestem contra a “tendência generalizada de banalizar o amor” e reduzi-lo “ao aspecto sexual”. Ele pediu aos jovens para serem revolucionários e para que se mostrem contra esta cultura, em uma mensagem dedicada a marcar a celebração da 30ª Jornada Mundial da Juventude. “Convido-vos a descobrir a beleza da vocação humana de amar. Peço-vos que se revelem contra essa tendência generalizada de banalizar o amor”, disse o pontifície na mensagem divulgada pela assessoria de imprensa do Vaticano.

Francisco disse que, quando se limita o amor somente ao aspecto sexual, este é “privado das suas características essenciais de beleza, companheirismo, fidelidade e responsabilidade”. O papa lembrou que muitos pregam que o importante é desfrutar do momento, que não vale a pena um compromisso para toda a vida e fazer escolhas definitivas para sempre, porque não se sabe o dia de amanhã. “Eu, ao contrário, peço-vos que sejam revolucionários, que sejam contra a corrente. Sim, estou a pedir-lhes que se revelem contra esta cultura do provisório, que, no fundo, crê que vocês não são capazes de assumir responsabilidades e de amar verdadeiramente”, disse Francisco.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati