Papa João Paulo II foi importante na queda do Comunismo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

4 de abril de 2005

Várias pessoas creditam a João Paulo II importante participação na queda do sistema comunista na Polônia e no Leste Europeu.

"Foi um semente que mais tarde cresceu. Tenho certeza que foi o ponto de partida para o crescimento no ano seguinte do partido Solidariedade", disse Krzystof Gurba, professor universitário polonês.

Na opinião de Lech Walesa, líder do movimento de trabalhadores polonês Solidariedade, a participação do papa para a queda do Comunismo na Polônia e nos países do Leste Europeu foi muito importante.

Para Walesa, o papa inspirou o movimento a humilhar o governo comunista polonês. Além disso, ele ajudou a trazer de volta valores morais que "ajudaram a derrotar o sistema comunista", segundo Walesa. Surgiu um espírito de liberdade que se espalhou por todo o bloco comunista.

"Os comunistas ficaram assustados com aqueles valores como o diabo tem medo da água benta, portanto, nesse sentido, o papa é o responsável pela vitória sobre o Comunismo.", ele acrescenta.

Fontes