Países do Mercosul criam fundo para desenvolvimento da região

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

23 de junho de 2005

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Os quatro países membros do Mercado Comum do Sul (Mercosul) aprovaram a criação de um fundo de desenvolvimento para superar o estancamento dos países menos desenvolvidos da região, promover a criação de postos de trabalho, financiar obras de infra-estrutura e estimular os planos de educação.

O anúncio se realizou na durante a cúpula do bloco que finalizou nesta segunda-feira na capital paraguaia.

Está previsto que o fundo contará com recursos de US$100 milhões anuais, soma que se espera atingir em 2008. Para essa quantia o Brasil contribuiria com 70% e a Argentina com 27% aproximadamente. "É uma demonstração de que estamos dispostos a fazer para resolver assimetrias", declarou Celso Amorim, chanceler brasileiro.

Ademais, se dará impulso ao gasoduto de 1200 km de extensão que conectará os jazigos peruanos de Camisea com o Chile. Este projeto seria financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, a um custo de US$2,5 bilhões.

Algumas propostas surgiram: o presidente colombiano Álvaro Uribe Vélez falou de um "anel energético" que permitiria a interconexão com a Argentina, Uruguai e Paraguai, enquanto o mandatário da Venezuela Hugo Chávez propôs a criação da empresa Gás do Sul, para conectar as reservas de gás de seu país com o Cone SuL, e do Banco do Sul "para repatriar com um pouco de audácia, do país do Norte, 30 bilhões de dólares em bônus".

Outros acordos atingidos foram a criação de uma base de dados que sirva como instrumento para combater a delinquência, o terrorismo e a extorsão, a adoção de medidas contra a exploração de pessoas, a defesa e observação dos direitos humanos e a luta contra o racismo e outras formas de discriminação.

Se avançou também na chamada Cartilha do Mercosul , documento que procura garantir os direitos dos habitantes dos países membros do bloco em matéria política, consular, trabalhista e de justiça.

O Mercosul é formado por: Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Peru e Venezuela são estados associados ao bloco.

Fontes