Oposição georgiana: Índia fornece mercadorias para a Rússia através de portos georgianos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

20 de abril de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Rússia usa os portos georgianos para importar produtos. Isto foi afirmado pelo maior partido da oposição na Geórgia, o Movimento Nacional Unido (UNM).

Referindo-se a informações da mídia indiana e russa, o deputado da UNM, Roman Gotsiridze, disse que a Índia retomou as entregas de arroz, chá, café, frutas, frutos do mar e confeitaria para a Federação Russa através dos portos georgianos.

As entregas foram suspensas devido à imposição de sanções contra a Rússia, o que causou dificuldades na entrega e acordos entre parceiros indianos e russos.

Segundo fontes indianas, os pagamentos são feitos em rublos e rúpias, mas também em euros.

O Movimento Nacional Unido reconhece que os alimentos fornecidos da Índia à Federação Russa não se enquadram em bens sancionados, mas, neste caso, a oposição vê o problema do ponto de vista moral.

“Os portos georgianos tornaram-se uma tábua de salvação para a Rússia... Esses bens não estão sujeitos a sanções, mas em um momento em que navios e carros russos não são permitidos na Europa, a Geórgia oferece oportunidades para contornar sanções ou superar dificuldades. No mínimo, estamos falando de responsabilidade moral”, disse Roman Gotsiridze, deputado da UNM.

Fontes