Ofensiva da coalizão anti-Estado Islâmico no Iraque e na Síria

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

26 de maio de 2016

Na Síria, desde de ontem, 25 de maio, começou uma ofensiva por uma aliança de liderado pelos curdos, que também inclui os árabes e cristãos,[1] chamada Forças Democráticas Síria (FDS), e apoiado militarmente pelos EUA,[2] contra a capital do Estado Islâmico, Raqqah.

As milícias são compostas por dezenas de milhares de combatentes, entre 20.000 e 50.000,[1][3] e estão a descer do norte para Raqqah, onde existem cerca de 4.000 milicianos jihadistas.[2] Os EUA fornecem apoio com raídes (ataques) aéreos, mas também através da chegada na Síria de 250 operadores de forças especiais, que são usados ​​para se comunicar com aeronaves e como conselheiros militares.[4]

A ofensiva começou após a visita do militar do Exército dos EUA, o gen. Joseph Votel, novo comandante das forças dos EUA no Médio Oriente (ou Oriente Médio no Brasil), na semana passada em Rojava (o Curdistão sírio),[1] que estabeleceu a liderança das forças no campo à frente das milícias curdas do YPG e os do sexo feminino da YPJ.[2]

Mesmo no Iraque está em curso ofensiva do Exército iraquiano contra o Estado Islâmico em Fallujah, cidade a oeste de Bagdá conquistada pelos jihadistas do Estado Islâmico no início de 2014,[5] e agora as tropas do governo estão às portas da cidade.

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 Siria: Forze Democratiche Siriane (SDF) lanciano operazione per liberazione di Raqqa
  2. 2,0 2,1 2,2 Siria, al via l'operazione dei curdi per liberare Raqqa dall'Is
  3. Siria: curdi pronti a prendere Raqqa, la capitale di ISIS
  4. Siria, controffensiva per riprendere Raqqa dalle mani dell'Isis
  5. Iraq, esercito: completato l'accerchiamento dell' Isis a Fallujah

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati