O Reino Unido lança o maior sistema de monitoramento oceânico do mundo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mapa dos territórios ultramarinos britânicos

3 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Reino Unido será o pioneiro do maior sistema de monitoramento da vida selvagem oceânica do mundo para ajudar a proteger a vida abaixo da água.

A primeira rede mundial de equipamentos fotográficos subaquáticos está sendo implementada nos Territórios Ultramarinos Britânicos, a rede irá coletar informações biológicas importantes no Caribe, Atlântico Sul, Índico e Pacífico, tornando-se o maior sistema de monitoramento da vida selvagem oceânica do mundo.

A rede está sendo configurada como parte do programa Blue Belt do governo do Reino Unido - que cobre mais de 4 milhões de quilômetros quadrados de oceano.

Os sistemas de câmeras - conhecidos como BRUVS - permitirão que os Territórios Ultramarinos do Reino Unido observem e gerenciem a vida selvagem oceânica em seus diversos ecossistemas. O método não intrusivo de captura de informações sobre as espécies será usado para documentar a incrível biodiversidade marinha em 10 Territórios Ultramarinos: Pitcairn, Ascensão, Santa Helena, Tristão da Cunha, Território Britânico do Oceano Índico, Ilhas Cayman, Ilhas Virgens Britânicas, Anguilla, Montserrat e dentro do Território Antártico Britânico.

As plataformas estão sendo lançadas em um momento em que a saúde dos oceanos está diminuindo e permitirão aos cientistas melhorar sua compreensão do ambiente marinho e restaurar nossos oceanos.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit