OMM anuncia quais nomes foram retirados das listas de furacões devido a sua intensidade

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de março de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Comitê de Furacões da Organização Meteorológica Mundial (OMM) da ONU anunciou ontem quais os nomes foram retirados das futuras listas de nomeação de novos fenômenos do tipo: Dorian, Laura, Eta e Iota. Os dois primeiros no futuro serão substituídos por Dexter e Leah, enquanto os outros dois não serão mais usados por representarem letras do alfabeto grego.

No total, 93 nomes já foram retirados da lista da bacia do Atlântico desde 1953, quando as tempestades começaram a ser nomeadas de acordo com o sistema atual.

A temporada de furacões do Atlântico Norte tem início, todo ano, em 1º de junho.

Os retirados

Iota atingiu a Nicarágua com ventos de 250km

Dorian: foi um furacão de categoria 5 (na escala Saffir-Simpson), o mais forte a atingir o noroeste das Bahamas em registros modernos, causando danos de 3,4 bilhões de dólares;

Laura: foi um furacão de categoria 4 que atingiu a costa da Louisiana, causando 47 mortes nos Estados Unidos e na ilha de Hispaniola e deixando danos de 19 bilhões de dólares;

Eta e Iota: respectivamente de categoria 4 e 5, atingiram a costa fa Nicarágua num intervalo de cerca de duas semanas, causando danos também em Honduras e outros países, como no norte da Colômbia. No total, os fenômenos provocaram a morte de 272 pessoas e causaram prejuízos de 9 bilhões de dólares.

Sempre que furacões causam grandes catástrofes, seja por perda de vidas ou por prejuízos econômicos, seus nomes são retirados das listas para uso futuro e eles passam a ser eventos únicos e históricos.

O fim do uso de nomes gregos

O Comitê decidiu que não serão mais usados nomes do alfabeto grego para nomear furacões e que uma lista suplementar, com nomes de A a Z, deverá ser usada quando a lista padrão se esgotar.

Nomes desta temporada

A temporada do Atlântico de 2021 começará com o nome Ana, enquanto a do Pacífico começará com Andres (acesse aqui e aqui).

A lista suplementar para esta temporada, tanto do Atlântico quanto do Pacífico, pode ser acessada aqui.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit