Nova Zelândia relata os primeiros novos casos de COVID-19 transmitidos localmente em 102 dias

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

11 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Agência VOA

Na terça-feira, a primeira-ministra da Nova Zelândia emitiu um bloqueio na maior cidade do país, Auckland, depois que os primeiros novos casos de COVID-19 transmitidos localmente em 102 dias foram descobertos lá.

Em uma entrevista coletiva em Wellington, a primeira-ministra Jacinda Ardern, junto com a diretora-geral de saúde da Nova Zelândia, Ashley Bloomfield, anunciaram que Auckland será movido para restrições de nível três até a meia-noite de sexta-feira, depois que os quatro casos foram descobertos em uma casa.

Ela disse que os casos vieram de uma fonte desconhecida e envolvem diferentes locais de trabalho.

As restrições de nível três significam que as pessoas serão solicitadas a ficar em casa, enquanto bares e muitos outros negócios serão fechados.

Ardern acrescentou que o resto do país será elevado ao Nível 2 até sexta-feira, o que significa que as reuniões em massa serão limitadas a 100 participantes e as pessoas precisarão se distanciar socialmente.

Bloomfield disse que as infecções foram confirmadas depois que uma pessoa na casa dos 50 anos foi ao médico na segunda-feira com sintomas de COVID-19 e testou positivo. Seis outras pessoas da casa da pessoa foram testadas, com mais três resultados positivos.

Até terça-feira, os únicos casos conhecidos do vírus na Nova Zelândia foram 22 viajantes que haviam retornado recentemente do exterior e estavam sendo mantidos em quarentena.

O país tem sido elogiado globalmente por sua resposta ao vírus.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com