Nova Zelândia lançará inquérito sobre como lidou com a pandemia de COVID

5 de dezembro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A Nova Zelândia está lançando uma comissão de inquérito sobre como lidou com a pandemia de COVID-19.

A primeira-ministra Jacinda Ardern disse que os resultados da investigação ajudarão os futuros governos a se prepararem para situações semelhantes.

“Não tínhamos um manual para administrar a COVID-19, mas, como país, nos unimos de maneira extraordinária e salvamos vidas e meios de subsistência”, disse a primeira-ministra na segunda-feira.

Ardern disse na segunda-feira que a pandemia de COVID-19 "foi a ameaça mais significativa à saúde dos neozelandeses e à nossa economia desde a Segunda Guerra Mundial".

A Nova Zelândia foi amplamente elogiada pelas medidas tomadas que resultaram em uma baixa taxa de infecção por COVID-19. No entanto, alguns residentes da Nova Zelândia que estavam fora do país quando a pandemia iniciou descobriram que tinham problemas para voltar para casa.

“A Nova Zelândia experimentou menos casos, hospitalizações e mortes do que quase qualquer outro país nos primeiros dois anos da pandemia, mas sem dúvida houve um enorme impacto nos neozelandeses aqui e no exterior”, disse Ardern.

A investigação começará no início do próximo ano e será liderada pelo epidemiologista Tony Blakely.

Fontes