Ninguém quer comprar Twitter

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Navegação Internet
Outras notícias sobre Internet

15 de outubro de 2016

Sem Twitter.

Empresa SalesForce.com se recusou a lutar para a compra do serviço de microblogging Twitter.

"Ele não nos convém, por muitas razões", disse o chefe da empresa, diz que "Kommersant" referindo-se ao Financial Times.

Segundo o jornal, o chefe da SalesForce estava sob pressão de seus próprios acionistas por causa do negócio. Os investidores não entendia por que a empresa, que se dedica à venda de software para as organizações que querem comprar a empresa de Internet precisa mudar.

Segundo o jornal, citando uma fonte, SalesForce foi o candidato sério único remanescente para a compra do serviço. Agora Twitter, a buscar os potenciais compradores.

Relatado anteriormente diminuição das quotas de Twitter em 13% por causa dos relatórios Bloomberg que os principais candidatos para a possível compra da empresa perdeu o interesse na transação. Entre os principais candidatos nomeados empresas como a Salesforce, o Google e da empresa Sobre a empresa Walt Disney.

No início de outubro, as ações Twitter caiu 20% após o site de tecnologia Recode disse que o Google, Disney e a Apple não está interessada em comprar a empresa. 10 de outubro de 2016 as ações da companhia negociadas a US$ 17,21, o nível mais baixo no passado dois meses.

A esse preço, a capitalização de mercado do Twitter é de US$ 12,2 mil milhões (ou bilhões) em dezembro 2013 a empresa valia US$ 53.000.000.000.

Para procurar compradores proprietários Twitter trouxe indicadores de serviços financeiros ruins e a falta de um modelo eficaz de monetização.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati