Ninguém quer comprar Twitter

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Navegação Internet
Outras notícias sobre Internet

15 de outubro de 2016

Sem Twitter.

Empresa SalesForce.com se recusou a lutar para a compra do serviço de microblogging Twitter.

"Ele não nos convém, por muitas razões", disse o chefe da empresa, diz que "Kommersant" referindo-se ao Financial Times.

Segundo o jornal, o chefe da SalesForce estava sob pressão de seus próprios acionistas por causa do negócio. Os investidores não entendia por que a empresa, que se dedica à venda de software para as organizações que querem comprar a empresa de Internet precisa mudar.

Segundo o jornal, citando uma fonte, SalesForce foi o candidato sério único remanescente para a compra do serviço. Agora Twitter, a buscar os potenciais compradores.

Relatado anteriormente diminuição das quotas de Twitter em 13% por causa dos relatórios Bloomberg que os principais candidatos para a possível compra da empresa perdeu o interesse na transação. Entre os principais candidatos nomeados empresas como a Salesforce, o Google e da empresa Sobre a empresa Walt Disney.

No início de outubro, as ações Twitter caiu 20% após o site de tecnologia Recode disse que o Google, Disney e a Apple não está interessada em comprar a empresa. 10 de outubro de 2016 as ações da companhia negociadas a US$ 17,21, o nível mais baixo no passado dois meses.

A esse preço, a capitalização de mercado do Twitter é de US$ 12,2 mil milhões (ou bilhões) em dezembro 2013 a empresa valia US$ 53.000.000.000.

Para procurar compradores proprietários Twitter trouxe indicadores de serviços financeiros ruins e a falta de um modelo eficaz de monetização.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati