Município do Rio Grande do Sul decreta situação de emergência após registrar três mortes por gripe suína

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

19 de julho de 2009

Brasil

Notícias relacionadas
Pessoas na Cidade do México vestindo máscaras em um trêm pelo vírus H1N1
Mais informações sobre a Gripe:


O município de Uruguaiana, no interior do Rio Grande do Sul, decretou situação de emergência por causa dos casos de influenza A (H1N1) – gripe suína. A medida foi tomada depois que três pessoas morreram na cidade em decorrência da doença, entre elas, uma mulher grávida de oito meses e uma menina de 5 anos.

Em nota, o prefeito de Uruguaiana, Sanchotene Felice, informou que agendou uma reunião para hoje (20) com o secretário de Saúde do estado, Osamra Terra, em Porto Alegre.

De acordo com a prefeitura, Uruguaiana é sede do maior porto seco da América Latina. Oitocentos caminhões transitam diariamente pela Ponte Internacional BrasilArgentina, o que “facilita contágios e enfermidades”, destaca a nota.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati